Leilão Eletrônico Judicial e ExtraJudicial

 
A descrição na íntegra dos lotes é uma reprodução fiel a penhora realizada pelo oficial de justiça que possui fé pública. Os lotes poderão ser sustados até o término do leilão.
 
Primeira Praça
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO
2ª Vara Judicial de Itararé/SP 14H30 - 1ª Praça
Cível Provimento
Data: 7 de Junho de 2019
Endereço:
SOMENTE LEILÃO ELETRÔNICO
 
[ 2 Vara Cível da Comarca de Itararé - SP ] lote : 1.1 - 5% do Imóvel Residencial, A.T. 557m², A.C.252m², 3 dorms (1 suíte), 2 vagas, Centro. Loc.: Itararé/SP.
5% do imóvel matrícula n° 6.503, do CRI de Itararé/SP: Uma área de terreno urbano, situada nesta cidade de Itararé-SP, à Rua Prudente de Moraes, com as seguintes metragens e confrontações: 14,70 metros, frente para a Rua Prudente de Moraes; 11,20 metros, fundos, divide com Dilvo Elias Fadel, sucessor de Antonio Nastaly e sua mulher, e com Wilson Meirim Corrales, sucessor de Omar Tupá Borgos; 38,70 metros, lado direito de quem da rua olha para o imóvel, divide com Domingos Leonilton Cleto, sucessor de Omar Tupá Borges; e 38,70 metros, lado esquerdo, irregular, a divisa começa na Rua Prudente de Moraes, segue linha reta em direção ao Norte, na extensão de 35,30 metros; aí faz ângulo, vai em direção Nascente, na extensão de 3,20 metros, faz outra vez ângulo e vai em direção Norte, na extensão de 3,40 metros, encerrando este lado, dividindo com o Dr. Walter Coquemela, terreno todo fechado por muros, contendo como benfeitorias: Uma casa residencial, construída de material, com 153,00 metros quadrados, sob n° 1.539 da Rua Prudente de Moraes, e uma garagem construída de material. Contribuinte n° 006-0169-0. Obs.: segundo laudo de avaliação de fls. 24-80, a casa é composta por, hall, área de circulação, 3 dormitórios sendo 1 suíte, sala de jantar, sala de estar, cozinha, banheiro, despensa, hall, área de lazer, área de serviço, lavabo, AC e 2 vagas de garagens; sendo a área de 557,42m² e a área construída de 252,10m². Ônus e gravames : segundo certidão da matrícula atualizada consta na averbação 03 e 09, a INDISPONIBILIDADE da parte ideal de 5% de propriedade do executado, oriunda da Ação Civil Pública que originou a presente Precatória. Sobre o imóvel não consta débitos de IPTU inscritos em dívida ativa, consta débito de IPTU do exercício 2019, no valor de R$ 442,08 Valor da Avaliação (5% do imóvel): R$ 30.590,10 (trinta mil, quinhentos e noventa reais e dez centavos) em Agosto de 2018. Valor Atualizado: R$ 31.287,21 (trinta e um mil, duzentos e oitenta e sete reais e vinte e um centavos) atualizado até abril de 2019, segundo a tabela oficial aplicável nos cálculos judiciais do TJSP. VEJA TERMO DE PENHORA NO ANEXO I. VEJA LAUDO DE AVALIAÇÃO NO ANEXO II. VER / IMPRIMIR O EDITAL PUBLICADO clique aqui . MAISATIVO JUDICIAL - INFORMAÇÕES: (11) 4950 9660 | cac@majudicial.com.br

No estado em que se encontra(m).
Reservamo-nos o direito a correção de possíveis erros de digitação.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

   Processo:0002435-56.2018.8.26.0279
   Réu:Walter Martins de Oliveira e Jorge Sabino da Costa
   Depositário:NI
   Local:R. Prudente de Moraes, 1.539, Centro, Itar1539aré/SP
   Autor:Ministério Público do Estado de São Paulo
   Recurso:NI
   Advogado:Réu: Fernando Garcia Carvalho do Amaral (OAB 152005/SP)_Autor: NI
 
[ 2 Vara Cível da Comarca de Itararé - SP ] lote : 1.2 - 5% do Imóvel Rural e suas benfeitorias, A.T. 18.720m², Sítio Pedra Branca. Loc.: Itararé/SP.
5% do imóvel matrícula n° 10,175, do CRI de Itararé/SP: Uma área de terreno rural, sem benfeitorias, denominada Sítio Pedra Branca, situada neste município e comarca de Itararé-SP, no bairro de Pedra Branca, com 13.612,50m² (treze mil, seiscentos e doze metros e cinquenta centímetros quadrados), com as seguintes divisas: ao Sul e Nascente divide com terras de Alípio Pimentel, ao Norte com sucessores de Ana Ribeiro de Souza, pelo ribeirão Pedra Branca e ao Poente com terras de Belarmina Eufrásia de Jesus. Certificado de Cadastro do Incra em área maior, sob n° 636.096.002.135-3; área total 22,6 has; n° de mód. rurais 0,55; mód. rural 28,0; n° mód. fiscais 0,77; mód. fiscal 20, conforme exercício de 1.992. Av.03, consta que o imóvel objeto desta matrícula tem a área de 18.720,26m² ou 1,8720 hectares, com a seguintes descrição: inicia-se a descrição deste perímetro no vértice M-1, situado na lateral da Rua Antonio Catarino; deste segue pela lateral da rua no sentido de quem vai para Itaberá confrontando por cerca com a mesma com azimute de 16°26¿17¿ e distância de 38,87 metros até o vértice M-2, localizado junto a cerca; deste segue pela mesma lateral com azimute de 15°28¿45¿ e distância de 19,70 metros, 17°09¿31¿ e 10,75 metros até o vértice M-3, localizado junto a cerca na mesma lateral; deste segue confrontando por cerca com o imóvel da transcrição n° 2.528 de propriedade de José Martins de Oliveira e sua esposa Calisia Rodrigues de Oliveira, com os seguintes azimutes e distâncias: 98°04¿58¿ e 101,25 metros até o vértice M-15, 26°31¿35¿ e 14,63 metros até o vértice M-16; deste segue confrontando por cerca com o imóvel da transcrição 2.528, de propriedade de Jose Martins de Oliveira e sua esposa Calisia Rodrigues de Oliveira, com azimute de 26°31¿35¿ e distância de 4,60 metros até o vértice M-10, localizado na margem esquerda do Ribeirão da Pedra Branca; deste segue pela margem esquerda à montante pelo ribeirão confrontando por água com o imóvel da matrícula 6.529 de propriedade de Rosesmere Regina de Oliveira e Vilma Vera Oliveira, com os seguintes azimutes e distâncias: 127°22¿34¿ e distância de 49,22 metros, 139°47¿31¿ e distância de 55,07 metros; 173°17¿08¿ e distância de 17,33 metros; 185°55¿35¿ e distância de 24,72 metros até o vértice M-11, localizado junto a cerca na margem esquerda do ribeirão; deste deixa o ribeirão e segue confrontando por cerca com o imóvel de matrícula 7.286, de propriedade de Ronaldo Soares de Lima, Floriza Soares de Lima, Inácio Soares de Lima, Ivonete Soares de Lima, Luis Carlos Soares de Lima e Georgina Soares de Lima Santos, sucessores de Theolina Painço com azimute 256°28¿32¿ e distância de 114,31 metros, até o vértice M-12, localizado junto a cerca; deste segue confrontando por cerca com o imóvel (posse), de propriedade de Alceu Martins de Oliveira, com os seguintes azimutes e distâncias: 319°15¿30¿ e 77,94 metros; 286°25¿39¿ e 10,03 metros, até o vértice M-13; 286°25¿39¿ e distância de 31,98 metros, até o vértice M-01, início da presente descrição. Obs.: segundo laudo de avaliação de fls. 24-80, sobre a propriedade encontra-se uma residência, uma casa com área construída de 110m². Ônus e gravames : segundo certidão da matrícula atualizada consta na averbação 02, a INDISPONIBILIDADE da parte ideal de 5% de propriedade do executado, oriunda da Ação Civil Pública que originou a presente Precatória. Por se tratar de informação confidencial, o INCRA só fornece informações a respeito do ITR pessoalmente ao contribuinte, e cumpre apenas ao interessado a busca de eventuais débitos pendentes de pagamento. Valor da Avaliação (5% do imóvel): R$ 7.032,65 (sete mil, trinta e dois reais e sessenta e cinco centavos) em Agosto de 2018. Valor Atualizado: R$ 7.192,91 (sete mil, cento e noventa e dois reais e noventa e um centavos) atualizado até abril de 2019, segundo a tabela oficial aplicável nos cálculos judiciais do TJSP. VEJA TERMO DE PENHORA NO ANEXO I. VEJA LAUDO DE AVALIAÇÃO NO ANEXO II. VER / IMPRIMIR O EDITAL PUBLICADO clique aqui . MAISATIVO JUDICIAL - INFORMAÇÕES: (11) 4950 9660 | cac@majudicial.com.br

No estado em que se encontra(m).
Reservamo-nos o direito a correção de possíveis erros de digitação.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

   Processo:0002435-56.2018.8.26.0279
   Réu:Walter Martins de Oliveira e Jorge Sabino da Costa
   Depositário:NI
   Local:NI
   Autor:Ministério Público do Estado de São Paulo
   Recurso:NI
   Advogado:Réu: Fernando Garcia Carvalho do Amaral (OAB 152005/SP)_Autor: NI
 
[ 2 Vara Cível da Comarca de Itararé - SP ] lote : 1.3 - 10% do Imóvel Rural, A.T. 26ha, Fazenda Santa Inez. Loc.: Itararé/SP.
10% do imóvel de matrícula n° 12.520, do CRI de Itararé/SP: Um imóvel rural, sem benfeitorias, denominado Fazenda Santa Inez, situado neste município e comarca de Itararé-SP, no Bairro de Pedra Branca, com 26,1514 hectares ou 10,8064 alqueires paulista, com os seguintes rumos, distâncias e confrontações: Inicia-se a descrição deste perímetro no marco M-25, de coordenadas N=7.351.636,997m e E=675.982,568m, localizado na margem direita da estrada municipal IRR 329, que liga o bairro Pedra Branca à cidade de Itaberá; deste segue confrontando por linha seca com a Gleba 01, com os seguintes azimutes e distâncias: 220°42¿20¿ e 528,52m (quinhentos e vinte e oito metros e cinquenta e dois centímetros), até o ponto P-159 de coordenadas N=7.351.235,439m e E=675.637,880m; 220°42¿20¿ e 197,60m (cento e noventa e sete metros e sessenta centímetros), até o marco M-24 de coordenadas N=7.351.085,646m e E=675.509,012m; localizado na margem de um córrego sem denominação; deste segue confrontando por linha seca com a Gleba 03 de propriedade de Antonio Gonçalves dos Santos, com os seguintes azimutes e distâncias: 240°58¿23¿ e 55,16m (cinquenta e cinco metros e dezesseis centímetros), até o ponto P-161 de coordenadas N=7.351.058,883m e E=675.460,783m; 240°58¿23¿ e 190,70m (cento e noventa metros e setenta centímetros), até o ponto P-73 de coordenadas N=7.350.966,349m e E=675.294,032m, localizado na margem direita da estrada municipal IRR 329, que liga o bairro da Pedra Branca à cidade de Itaberá no entroncamento que vai ao bairro Itopava; deste segue pela margem esquerda no sentido bairro de Itopava, confrontando com a IRR 329, com os seguintes azimutes e distâncias: P-73 de coordenadas N=7.350.966,349m e E=675.294,032m, localizado na margem direita da estrada municipal IRR 329; deste segue no sentido Itaberá confrontando por linha seca com a referida estrada, com os seguintes azimutes e distâncias: 358°22¿22¿ e 91,09m (noventa e um metros e nove centímetros), até o vértice P-114 de coordenadas N=7.351.057,041m e E=675.291,446m; 358°22¿22¿ e 57,17m (cinquenta e sete metros e dezessete centímetros), até o vértice P-74 de coordenadas N=7.351.114,554m e E=675.289,822m; 340°36¿59¿ e 69,41m (sessenta e nove metros e quarenta e um centímetros), até o vértice P-75 de coordenadas N=7.351.180,024m e E=675.266,784m; 349°13¿12¿ e 49,51m (quarenta e nove metros e cinquenta e um centímetros), até o vértice P-76 de coordenadas N=7.351.228,657m e E=675.257,524m, localizado na mesma margem, no cruzamento com um córrego sem denominação; deste segue no sentido Itaberá, pela mesma margem confrontando por cerca e linha com a estrada municipal IRR 329, com os seguintes azimutes e distâncias: 349°13¿12¿ e 3,51m (três metros e cinquenta e um centímetros), até o vértice P-115 de coordenadas N=7.351.232,105m e E=675.256,868m; 349°13¿12¿ e 43,26m (quarenta e três metros e vinte e seis centímetros), até o vértice P-77 de coordenadas N=7.351.274,605m e E=675.248,776m; 11°42¿07¿ e 17,54m (dezessete metros e cinquenta e quatro centímetros), até o vértice P-78 de coordenadas N=7.351.291,778m e E=675.252,333m; 30°25¿45¿ e 146,61m (cento e quarenta e um metros e sessenta e um centímetros), até o vértice P-79 de coordenadas N=7.51.418,190m e E=675.326,585m; 41°38¿35¿ e 105,43m (cento e cinco metros e quarenta e três centímetros), até o vértice P-80 de coordenadas N=7.351.496,981m e E=675.396,645m; 33°04¿19¿ e 203,83m (duzentos e três metros e oitenta e três centímetros), até o vértice P-81 de coordenadas N=7.351.667,786m e E=675.507,872m; 35°50¿29¿ e 44,12m (quarenta e quatro metros e doze centímetros), até o vértice P-81 de coordenadas N=675.533.705,m; 49°51¿27¿ e 18,63m (dezoito metros e sessenta e três centímetros), até o vértice P-83 de coordenadas N=7.351.561m e E=675.547,947m; 60°26¿44¿ e 8,77m (oito metros e setenta e sete centímetros), até o vértice P-84 de coordenadas N=7.351.719,888m e E=675.555,578m; 75°03¿33¿ e 10,25m (dez metros e vinte e cinco centímetros), até o vértice P-85 de coordenadas N=7.351.722,530m e E=675.565,479m; 81°03¿43¿ e 7,99m (sete metros e noventa e nove centímetros), até o vértice P-86 de coordenadas N=7.351.723,772m e E=675.573,376m; 96°32¿52¿ e 22,34m (vinte e dois metros e trinta e quatro centímetros), até o vértice P-87 de coordenadas N=7.351.721,224m e E=675.595,575m; 108°51¿45¿ e 62,66m (sessenta e dois metros e sessenta e seis centímetros), até o vértice P-88 de coordenadas N=7.351.700,965m e E=675.654,873m; 103°33¿44¿ e 65,27m (sessenta e cinco metros e vinte e sete centímetros), até o vértice P-89 de coordenadas N=7.351.685,660m e E=675.718,319m; 105°12¿26¿ e 86,60m (oitenta e seis metros e sessenta centímetros), até o vértice P-90 de coordenadas N=7.351.662,945m e E=675.801,883m; 102°01¿00¿ e 20,89m (vinte metros e oitenta e nove centímetros), até o vértice P-91 de coordenadas N=7.351.658,595m e E=675.822,319m; 107°09¿46¿ e 21,91m (vinte e um metros e noventa e um centímetros), até o vértice P-92 de coordenadas N=7.351.652,131m e E=675.843,249m; 100°07¿03¿ e 44,43m (quarenta e quatro metros e quarenta e três centímetros), até o vértice P-93 de coordenadas N=7.351.644,326m e E=675.886,989m; 94°55¿16¿ e 95,93m (noventa e cinco metros noventa e três centímetros), até o ponto M-25, início da presente descrição. Certificado de Cadastro do INCRA, em área maior, sob o n° 636.096.002.0143-4; módulo rural 19,0 ha; número de módulos rurais 11,86; módulo fiscal 20,0 ha; número de módulos fiscais 11,25; fração mínima de parcelamento 2,0; área total 224,9 ha, conforme Certificado de Cadastro de Imóvel Rural-CCIR-exercício de 2000/2001/2002. Av.01 consta no terreno desta matrícula constituição de servidão sobre uma faixa de terras com 10,1046 hectares ou 4,1755 alqueires paulista, tendo como outorgada FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S/A, cuja área de servidão apresenta a seguintes descrição: Inicia-se no marco denominado P-113, situado no limite com o imóvel da transcrição n° 11.051 cadastro no INCRA sob o n° 636.096.009.890-9 denominado Fazenda da Serra de propriedade de Ignésio Pereira da Silva; deste segue confrontando pelo limite da faixa de domínio da servidão, confrontando com o próprio imóvel serviente com azimute 269°29¿55¿ e distância de 459,54m (quatrocentos e cinquenta e nove metros e cinquenta e quatro centímetros), até o vértice P-114 de coordenadas N=7.351.057,401m e E=675.291,446m; localizado na margem da estrada municipal IRR 329 que liga o bairro Pedra Branca à cidade de Itaberá; deste segue pela margem direita no sentido Itaberá confrontando com a referida estrada com os azimutes e distâncias: 358°22¿22¿ e 57,17 m (cinquenta e sete metros e dezessete centímetros), até o vértice P-74, de coordenadas N=7.351.114,544m e E=675.289,822m, 340°36¿59¿ e 69,41 m (sessenta e nove metros e quarenta e um centímetros), até o vértice P-75 de coordenadas N=7.351.180,024m e E=675.266,784m; 349°13¿12¿ e 49,51 m (quarenta e nove metros e cinquenta e um centímetros), até o vértice P-76 de coordenadas N=7.351.228,657m e E=675.257,524m; 349°13¿12¿ e 3,51 m (três metros e cinquenta e um centímetros), até o vértice P-115 de coordenadas N=7.351.232,105m e E=675.256,868m, localizado na mesma margem próximo a um córrego sem denominação, deste segue pelo limite da faixa de domínio da servidão, confrontando com o próprio imóvel serviente, com azimute 89°29¿55¿ e distância de 701,80 m (setecentos e um metros e oitenta centímetros), até o vértice P-116 de coordenadas N=7.351.238,246m e E=675.958,644m, localizado junto a cerca; deste segue confrontando por cerca com o imóvel da transcrição n° 11.051 denominado Fazenda da Serra, de propriedade de Ignésio Pereira da Silva, com azimute 229°35¿17¿ e distância de 272,76 m (duzentos e setenta e dois metros e setenta e seis centímetros), até o vértice P-113 de coordenadas N=7.351.061,422m e E=675.750,964m, início da presente descrição. Ônus e gravames : segundo certidão de matrícula atualizada consta na averbação 02, a INDISPONIBILIDADE da parte ideal de 5% de propriedade do executado, oriunda da Ação Civil Pública que originou a presente Precatória. Por se tratar de informação confidencial, o INCRA só fornece informações a respeito do ITR pessoalmente ao contribuinte, e cumpre apenas ao interessado a busca de eventuais débitos pendentes de pagamento. Valor da Avaliação (10% do imóvel): R$ 37.800,00 (trinta e sete mil e oitocentos reais) em Agosto de 2018. Valor Atualizado: R$ 38.661,41 (trinta e oito mil, seiscentos e sessenta e um reais e quarenta e um centavos) atualizado até abril de 2019, segundo a tabela oficial aplicável nos cálculos judiciais do TJSP. VEJA TERMO DE PENHORA NO ANEXO I. VEJA LAUDO DE AVALIAÇÃO NO ANEXO II. VER / IMPRIMIR O EDITAL PUBLICADO clique aqui . MAISATIVO JUDICIAL - INFORMAÇÕES: (11) 4950 9660 | cac@majudicial.com.br

No estado em que se encontra(m).
Reservamo-nos o direito a correção de possíveis erros de digitação.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

   Processo:0002435-56.2018.8.26.0279
   Réu:Walter Martins de Oliveira e Jorge Sabino da Costa
   Depositário:NI
   Local:NI
   Autor:Ministério Público do Estado de São Paulo
   Recurso:NI
   Advogado:Réu: Fernando Garcia Carvalho do Amaral (OAB 152005/SP)_Autor: NI
 
[ 2 Vara Cível da Comarca de Itararé - SP ] lote : 1.4 - Imovel Rural e benfeitorias, A.T. 31ha, Estância Calisia Rodrigues. Loc.: Itararé/SP.
Imóvel de matrícula n° 12.524, do CRI de Itararé/SP: Um imóvel rural, sem benfeitorias, denominado Estancia Calisia Rodrigues, desmembrado da Fazenda Santa Inez, situado neste município e comarca de Itararé-SP, no Bairro Pedra Branca, com 31,8873 hectares ou 13,1765 alqueires paulista, o qual apresenta os seguintes rumos, distâncias e confrontações: Inicia-se a descrição deste perímetro no marco M-01, situado no limite com o imóvel da matricula n° 5.889, denominado Fazenda Santa Cruz do Rio Verde de propriedade de Baptista Zambianco e Idalina Polastre Zambianco; deste segue confrontando por cerca com o imóvel da matrícula acima mencionada, com os seguintes azimutes e distâncias: 136°30¿17¿ e 73,17 metros até o marco M-02 de coordenadas N=7.352.208,733m e E=677.626,842m; 63°59¿07¿ e 934,77 metros até o marco M-03 de coordenadas N=7.352.618,724m e E=678.466,898m localizado na margem direita de um córrego sem denominação; deste segue a jusante pela margem direita confrontando por água com o imóvel da matrícula n° 612, cadastro no INCRA sob o n° 636.096.010.898 denominado Sitio Rio Verde de propriedade de Joaquina Tomé de Oliveira e Pedro de Oliveira, com os seguintes azimutes e distâncias: 134°02¿04¿ e 28,96 metros, até o ponto P-01 de coordenadas N=7.352.598,596m e E=678.487,716m; 105°40¿36¿ e 24,27 metros, até o ponto P-02 de coordenadas N=7.352.592,037m e E=678.511,087m, 137°12¿58¿ e 42,22 metros, até o ponto P-03 de coordenadas N=7.352.561,050m e E=678.539,765m, 169°12¿12¿ e 22,73 metros até o ponto P-04 de coordenadas N=7.352.538,727m e E=678.544,022m, 126°33¿58¿ e 90,75 metros até o ponto P-05 de coordenadas N=7.352.484,663m e E=678.616,909m, 96°09¿14¿ e 45,68 metros até o ponto P-06 de coordenadas N=7.352.479,766m e E=678.662,327m, 137°4¿34¿ e 12,82 metros até o ponto P-07 de coordenadas N=7.352.470,300m e E=678.670,979m, 101°54¿13¿ e 13,14 metros até o ponto P-08 de coordenadas N=7.352.467,590m e E=678.683,835m, 91°39¿25¿ e 58,10 metros até o marco M-04 de coordenadas N=7.352.465,910m e E=678.741,915m, localizado na foz deste, pela margem do Rio Verde; deste segue a montante pela margem esquerda do Rio Verde confrontando por água com o imóvel da matricula n° 9.559 cadastro no INCRA sob o n° 636.053.337.145-9 denominado Sitio Boa Vista de propriedade de Luis Carlos dos Santos e Ledeley Santos, com os seguintes azimutes e distâncias: 157°29¿51¿ e 150,09 metros até o ponto P-09 de coordenadas N=7.352.327,250m e E=678.799,357m, 229°32¿44¿ e 109,61 metros, até o ponto P-10 de coordenadas N=7.352.256,130m e E=678.715,952m, 313°24¿38¿ e 11,60 metros, até o ponto-11 de coordenadas N=7.352.264,101m e E=678.707,526m, 229°22¿35¿ e 16,49 metros, até o ponto P-12 de coordenadas N=7.352.253,362m e E=678.695,007m, 191°54¿32¿ e 11,61 metros, até o ponto P-13 de coordenadas N=7.352.242,001m e E=678.692,611m, 228°33¿05¿ e 21,99 metros, até o ponto P-14 de coordenadas N=7.352.227,448m e E=678.676,132m, 245°13¿49¿ e 46,85 metros, até o ponto P-15 de coordenadas N=7.352.207,821m e E=678.633,596m, 199°19¿06¿ e 16,13 metros, até o ponto P-16 de coordenadas N=7.352.192,596m e E=678.628,259m, 236°22¿50¿ e 31,16 metros, até o ponto P-17 de coordenadas N=7.352.175,346m e E=678.602,314m, 214°52¿27¿ e 30,20 metros, até o ponto P-18 de coordenadas N=7.352.150,569m e E=678.585,046m, 207°11¿04¿ e 17,36 metros, até o ponto P-19 de coordenadas N=7.352.135,123m e E=678.577,113m, 208°11¿36¿ e 23,36 metros até o ponto P-20 de coordenadas N=7.352.114,537m e E=678.566,078m, 202°28¿32¿ e 29,79 metros, até o ponto P-21 de coordenadas N=7.352.087,013m e E=678.554,691m, 149°39¿29¿ e 58,00 metros até o marco M-05 de coordenadas N=7.352.036,958m e E=678.583,990m localizado na margem esquerda junto à foz de outro córrego sobre o Rio Verde; deste segue a montante pela margem esquerda do córrego confrontando por água com o imóvel das matrículas n°s 222, 885, 1333, 6.504 e 11.570 denominado Fazenda Vila Rica de propriedade de Constantino de Donno, com os seguintes azimutes e distâncias: 263°07¿20¿ e 29,74 metros, até o ponto P-22 de coordenadas N=7.352.033,396m e E=678.554,462m, 270°36¿26¿ e 19,41 metros, até o ponto P-23 de coordenadas N=7.352.033,602m e E=678.535,056m, 118°50¿34¿ e 13,79 metros. até o ponto P-24 de coordenadas N=7.352.026,949m e E=678.547,137m, 173°06¿54¿ e 19,75 metros, até o ponto P-25 de coordenadas N=7.352.007,343m e E=678.549,504m, 216°28¿05¿ e 18,01 metros, até o ponto P-26 de coordenadas N=7.351.992,862m e E=678.538,801m, 157°45¿28¿ e 15,30 metros, até o ponto P-27 de coordenadas N=7.351.978,703m e E=678.544,591m, 196°16¿46¿ e 28,63 metros, até o ponto P-28 de coordenadas N=7.351.951,222m e E=678.536,566m, 165°01¿33¿ e 17,16 metros, até o ponto P-29 de coordenadas N=7.351.934,648m e E=678.540,999m, 247°50¿45¿ e 45,96 metros, até o ponto P-30 de coordenadas N=7.351.917,316m e E=678.498,433m, 253°18¿44¿ e 22,87 metros, até o ponto P-31 de coordenadas N=7.351.910,751m e E=678.476,530m, 215°50¿55¿ e 16,58 metros, até o ponto P-32 de coordenadas N=7.351.897,315m e E=678.466,822m; 285°14¿59¿ e 7,85 metros até o marco M-36 de coordenadas N=7.351.899,379m e E=678.459,250m localizado na margem esquerda do córrego; deste deixa o córrego e segue confrontado por linha seca com a Gleba B-3 de propriedade de Alceu Martins de Oliveira sua mulher Nair Ferreira Oliveira; Jorge Martins de Oliveira sua ex-mulher Maria Ines da Silva; Maria Aparecida Martins de Oliveira; Ilidia Martins de Oliveira seu ex marido Antonio Gonçalves dos Santos; Dirceu Martins de Oliveira sua mulher Cleusa de Oliveira; Walter Martins de Oliveira; Joanicio Martins sua mulher Edna Maria de Proença Martins; José Martins de Oliveira Filho; Wanderlei Martins de Oliveira e Wanderleia de Oliveira Paulino, com os seguintes azimutes e distâncias: 308°09¿32¿ e 309,72 metros até o marco M-35 de coordenadas N=7.352.090,741m e E=678.215,714m; 312°11¿37¿ e 385,89 metros, até o marco M-34 de coordenadas N=7.352.349,922m e E=677.929,813m; 243°59¿07¿ e 338,60 metros até o marco M-33 de coordenadas N=7.352.201,411m e E=677.625,519m; 316°30¿17¿ e 78,63 metros, até o marco M-32 de coordenadas N=7.352.258,449m e E=677.571,400m localizado na margem direita da estrada municipal IRR 329 que liga o bairro Pedra Branca à cidade de Itaberá; deste segue no sentido Itaberá pela mesma margem confrontando por cerca com a mesma com azimute de 56°29¿26¿ e 6,09 metros até o marco M-01 início da presente descrição. Certificado de Cadastro do INCRA, em área maior, sob o n° 636.096.002.143-4; módulo rural 19,0 ha; número de módulos rurais 11,86; módulo fiscal 20,0 ha; número de módulos fiscais 11,25; fração mínima de parcelamento 2,0; área total 224,9 ha, conforme Certificado de Cadastro de Imóvel Rural-CCIR-exercício de 2000/2001/2002. Obs.: segundo laudo de avaliação de fls. 24-80, sobre o terreno existem edificadas, uma casa com área construída de 130m² e um barracão com área construída de 32m². Ônus e gravames : segundo certidão da matrícula atualizada consta na averbação 02, a INDISPONIBILIDADE do bem oriunda da Ação Civil Pública que originou a presente Precatória. Por se tratar de informação confidencial, o INCRA só fornece informações a respeito do ITR pessoalmente ao contribuinte, e cumpre apenas ao interessado a busca de eventuais débitos pendentes de pagamento. Valor da Avaliação: R$ 482.098,00 (quatrocentos e oitenta e dois mil e noventa e oito reais) em Agosto de 2018. Valor Atualizado: R$ 493.084,38 (quatrocentos e noventa e três mil e oitenta e quatro reais) atualizado até abril de 2019, segundo a tabela oficial aplicável nos cálculos judiciais do TJSP. VEJA TERMO DE PENHORA NO ANEXO I. VEJA LAUDO DE AVALIAÇÃO NO ANEXO II. VER / IMPRIMIR O EDITAL PUBLICADO clique aqui . MAISATIVO JUDICIAL - INFORMAÇÕES: (11) 4950 9660 | cac@majudicial.com.br

No estado em que se encontra(m).
Reservamo-nos o direito a correção de possíveis erros de digitação.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

   Processo:0002435-56.2018.8.26.0279
   Réu:Walter Martins de Oliveira e Jorge Sabino da Costa
   Depositário:NI
   Local:NI
   Autor:Ministério Público do Estado de São Paulo
   Recurso:NI
   Advogado:Réu: Fernando Garcia Carvalho do Amaral (OAB 152005/SP)_Autor: NI
 
[ 2 Vara Cível da Comarca de Itararé - SP ] lote : 1.5 - 10% do Imóvel Rural, A.T. 80ha, Fazenda Santa Inez. Loc.: Itararé/SP.
10% do imóvel de matrícula n° 12.525, do CRI de Itararé/SP: Um imóvel rural, sem benfeitorias, denominado Fazenda Santa Inez, situado neste município e comarca de Itararé-SP, no Bairro Pedra Branca, com 80,5979 hectares ou 33,33049 alqueires, o qual apresenta os seguintes rumos, distâncias e confrontações: Inicia-se a descrição deste perímetro no marco M-30, de coordenadas N=7.352.209,673m e E=677.497,736m, localizado na margem direita da estrada municipal IRR 329, que liga o bairro Pedra Branca à cidade de Itaberá; deste segue no sentido Itaberá pela mesma margem confrontando por cerca com a mesma com o azimute 56°29¿26¿ e 88,35m, até o marco M-32 de coordenadas N=7.352.258,449m e E=677.571,400m, localizado na margem direita da mesma estrada; deste segue deixa a estrada e segue confrontado por linha seca com a Gleba E de propriedade de Walter Martins de Oliveira, com os seguintes azimutes e distâncias: 136°30¿17¿ e 78,63m, até o marco M-33 de coordenadas N=7.352.201,411m e E=677.625,519m; 63°59¿07¿ e 338,60 metros, até o marco M-34 de coordenadas N=7.352.349,922m e E=677.929,813m; 132°11¿37 e 385,89 metros, até o marco M-35 de coordenadas N=7.352.090,741 e E=678.215,714m; 128°09¿32¿ e 309,72 metros, até o marco M-36 de coordenadas N=7.351.899,379 e E=678.459,250m; localizado na margem esquerda de um córrego sem denominação; deste segue à montante pelo córrego confrontado por água com o imóvel das matrículas n°s 222, 885, 1.333, 6.504 e 11.570, denominado Fazenda Vila Rica de propriedade de Constantino de Donno com os seguintes azimutes e distâncias: 285°14¿59¿ e 18,83 metros, até o ponto P-33 de coordenadas N=7.351.904,330m e E=678.441,088m; 237°14¿34¿ e 22,02 metros, até o ponto P-34 de coordenadas N=7.351.892,417m e E=678.422,572m; 285°02¿26¿ e 40,13 metros, até o ponto P-35 de coordenadas N=7.351.902,832m e E=678.383,814m, 240°30¿12¿ e 15,47 metros até o ponto P-36 de coordenadas N=7.351.895,213m e E=678.370,346m; 295°34¿58¿ e 29,14 metros, até o ponto P-37 de coordenadas N=7.351.907,798m e E=678.344,060m, 319°43¿39¿ e 17,88 metros até ponto P-38 de coordenadas N=7.351.921,443m e E=678.332,499m; 271°47¿59¿ e 17,56 metros, até o ponto P-39 de coordenadas N=7.351.921,995m e E=678.314,947m, 236°00¿18¿ e 31,26 metros, até o ponto P-40 de coordenadas N=7.351.904,514m e E=678.289,027m, 252°31¿01¿ e 37,50 metros, até o ponto P-41 de coordenadas N=7.351.893,248m e E=678.253,259m; 270°47¿01¿ e 39,00 metros, até o ponto P-42 de coordenadas N=7.351.893,782m e E=678.214,263m; 226°23¿03¿ e 26,14 metros, até o marco M-06 de coordenadas N=7.351.875,749m e E=678.195,337m, localizado na sua margem direita no início de uma cerca; deste segue confrontando por cerca com o imóvel da matrículas n°s 222, 885, 1.333, 6.504 e 11.570, denominado Fazenda Vila Rica de propriedade de Constantino de Donno, com os seguintes azimutes e distâncias: 186°11¿03¿ e 688,42 metros até o marco M-7 de coordenadas N=7.351.191,332m e E=678.121,177m; 235°39¿44¿ e 156,77 metros, até o ponto P-43 de coordenadas N=7.351.102,900m e E=677.991,725m; 232°54¿24¿ e 53,80 metros, até o ponto P-109 de coordenadas N=7.351.070,451m e E=677.948,808m; 232°54¿24¿ e 66,14 metros, até o ponto P-44 de coordenadas N=7.351.030,558m e E=677.896,048m; 248°15¿46¿ e 40,26 metros, até o marco M-08 de coordenadas N=7.351.015,646m e E=677.858,647m; 269°24¿46¿ e 57,94 metros, até o ponto P-45 de coordenadas N=7.351.015,052m e E=677.800,714m; 272°41¿47¿ e 37,64 metros, até o ponto P-46 de coordenadas N=7.351.016,823m e N=677.763.118m; 278°56¿05¿ e 64,20 metros, até o ponto P-47 de coordenadas N=7.351.026,794m e E=677.699,693m, 274°34¿13¿ e 21,48 metros, até o ponto P-48 de coordenadas N=7.351.028,506m e E=677.678,286m; 270°30¿26¿ e 68,64 metros, até o ponto P-49 de coordenadas N=7.351.029,113m e E=677.609,650m; 275°03¿56¿ e 75,14 metros, até o ponto P-50 de coordenadas N=7.351.035,748m e E=677.534,801m; 276°09¿56¿ e 102,55 metros, até o ponto P-51 de coordenadas N=7.351.046,761m e E=677.432,846m; 281°23¿02¿ e 43,07 metros, até o marco M-09 de coordenadas N=7.351. 055,263m e E=677.390,620m localizado na margem direita de outro córrego; deste segue a jusante pela margem direita confrontando por água com o imóvel das matrículas n° 222, 885, 1.333, 6.504 e 11.570, denominado Fazenda Vila Rica de propriedade de Constantino de Donno, com os seguintes azimutes e distâncias: 351°49¿50¿ e 72,51 metros, até o ponto P-52 de coordenadas N=7.351.127,036m e E=677.380,316m; 40°04¿30¿ e 15,37 metros, até o ponto P-108 de coordenadas N=7.351.138,797m e E=677.390,211m; 40°04¿30¿ e 9,06 metros, até o ponto P-53 de coordenadas N=7.351.145,730m e E=677.396,044m, 21°22¿42¿ e 19,31 metros, até o ponto P-54 de coordenadas N=7.351.163,709m e E=677.403,082m, 1°06¿07¿ e 35,51 metros até o ponto P-55 de coordenadas N=7.351.199,213m e E=677.403,765m; 30°41¿52¿ e 27,26 metros, até o marco M-10 de coordenadas N=7.351.222,653m e E=677.417,681m localizado na sua margem esquerda; deste segue à jusante pelo córrego confrontando por água com a Gleba A de propriedade de José Martins de Oliveira, com os seguintes azimutes e distâncias: 61°16¿45¿ e 65,56 metros, até o ponto P-144 de coordenadas N=7.351.254,159m e E=677.475,178m; 45°27¿44¿ e 32,60 metros, até o ponto P-143 de coordenadas N=7.351.277,027m e E=677.498,418m; 15°50¿59¿ e 32,83 metros, até o ponto P-142 de coordenadas N=7.351.308,611m e E=677.507,385; 355°05¿26¿ e 23,67 metros, até o ponto P-141 de coordenadas N=7.351.332,197m e E=677.505,359m; 3°21¿10¿ e 75,45 metros até o ponto P-140 de coordenadas N=7.351.407,522m e E=677.509,772m; 10°50¿52¿ e 27,77 metros, até o ponto P-139 de coordenadas N=7.351.434,794m e E=677.514,998m; 4°49¿02¿ e 21,80 metros, até o ponto P-138 de coordenadas N=7.351.456,520m e E=677.516,829m; 337°29¿34¿ e 12,97 metros, até o ponto P-137 de coordenadas N=7.351.468,499m e E=677.511,866m; 58°58¿06¿ e 19,17 metros, até o ponto P-136 de coordenadas N=7.351.478,381m e E=677.528,292m; 104°09¿54¿ e 15,88 metros, até o ponto P-135 de coordenadas N=7.351.474,496m e E=677.543,685m; 348°44¿08¿ e 17,76 metros, até o marco M-27 de coordenadas N=7.351.491,918m e E=677.540,215m, localizado na foz de uma nascente sobre o córrego; deste segue à jusante pelo córrego confrontando por água com a Gleba C de propriedade de Maria Aparecida Martins de Oliveira, com os seguintes azimutes e distâncias: 61°31¿46¿ e 27,56 metros, até o ponto P-158 de coordenadas N=7.351.505,055m e E=677.564,440m; 26°59¿26¿ e 17,88 metros, até o ponto P-157 de coordenadas N=7.351.520,988m e E=677.572,555m; 22°03¿27¿ e 38,54 metros, até o ponto P-156 de coordenadas N=7.351.556,709m e E=677.587,029m; 352°40¿51¿ e 27,22 metros, até o ponto P-155 de coordenadas N=7.351.583,709m e E=677.583,561m; 42°37¿13¿ e 49,49 metros, até o marco M-31 de coordenadas N=7.351.620,124m e E=677.617,070m, localizado junto a foz de uma outra nascente sobre o córrego; deste deixa o córrego e segue à montante pela nascente confrontando por água com a Gleba C de propriedade de Maria Aparecida Martins de Oliviera, com os seguintes azimutes e distâncias: 279°18¿33¿ e 20,12 metros, até o ponto P-154 de coordenadas N=7.351.623,378m e E=677.597,219m; 292°03¿32¿ e 28,54 metros, até o ponto P-153 de coordenadas N=7.351.634,097m e E=677.570,767m; 76°12¿25¿ e 7,31 metros, até o ponto P-152 de coordenadas N=7.351.635,841m e E=677.577,871m; 350°21¿40¿ e 35,66 metros, até o marco M-29 de coordenadas N=7.351.670,999m e E=677.571,900m, localizado na margem da nascente; deste deixa a nascente e segue confrontando por linha seca com a Gleba D de propriedade de Joanicio Martins, com azimute 352°09¿39¿ e 543,76 metros, até o marco M-30, início da presente descrição. Certificado de Cadastro do INCRA, em área maior, sob o n° 636.096.002.0143-4; módulo rural 19,0 ha; número de módulos rurais 11,86; módulo fiscal 20,0 ha; número de módulos fiscais 11,25; fração mínima de parcelamento 2,0; área total 224,9 ha, conforme Certificado de Cadastro de Imóvel Rural-CCIR-exercício de 2000/2001/2002. Av.01 consta no terreno desta matrícula constituição de servidão sobre uma faixa de terras com 4,1062 hectares ou 1,696B alqueires paulista constante do imóvel retro, tendo como outorgada FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S/A, cuja área de servidão apresenta a seguintes descrição: Inicia-se no marco denominado M-08, situado no limite com o imóvel das matrículas n° 222,885,1.333,6.504 e 11.570, de Constantino de Donno; deste segue confrontando por cerca com os imóveis daas matrículas retro mencionadas, com as seguintes azimutes e distâncias: 269º24'46"" e 57,94 m(cinquenta e sete metros e noventa e quatro centímetros), até o vértice P-045, de coordenadas n=7.351.015,052m e E=677.800,714m; 272º41'47"" e 37,64 até o vertice P-046, de coordenadas N.351.016,823m e E+677.763,118m, 278º56'05"" e 64,20m (sessenta e quatro metros e vinte centimetros) até o vértice P-47, de coordenadas N=7.351.026,794m e E=677.699,693m e E=677.678, 286m; 279º30'26"" e 68,64 (sessenta e oitometros e sessenta e quatro centímetros) até o vértice P-49 de coordenadas N=7.351.029,113m e E=677.609,650m; 27º03'56"" e 75,14 m (setenta e cinco metros e quatorze centímetros) até o vértice P-50, de coordenadas N=7.351.035,748m e E=677.534,801m; 276º09'56"" e 102,555m (cento e dois metros e cinquenta e cinco centímetros), até o vértice M-09 de coordenadas N+7.351.055,2633m e E=677.390,620m, localizado na margem direita de outro córrego; deste segue a jusante pela margem direita, confrontando por água com imóvel das matrículas nºs 222,885,1.333,6.504 e 11.570, denominado Vila Rica, de propriedade de Constantino de Donno, com as seguintes azimutes e distâncias: 351º49'50"" e 72,51m (setenta e dois metros e cinquenta e um centímetros) até o vértice P-52, de N=7.351.127,036 e E=677.380.316m; 40º04'30"" 15,37m (quinze metros e trinta e sete centímetros) até o vértice P-108 de coordenadas N=7.351.138,797 e E677.390,211m, localizado na margem direita do córrego sem denominação; deste segue pelo limite da faixa de domínio da servidão, confrontando com o próprio imóvel serviente. com azimute 96º58'33"" e distância de 562,76m (quinhentos e sessenta e dois metros e setenta e seis centímetros), até o vértice P-109, de coordenadas N=7.351.070,451 e E=677.948,808m, localizado junto à cerca; deste segue confrontando por cerca com o imóvel das matrículas nºs 222, 885, 1.333, 6.504 e 11.570, de propriedade de Constantino de Donno, com os seguintes azimutes e distâncias: 232º54'24"" e 66,14 (sessenta e seis metros e quatorze centímetros), até o vértice P-044, de coordenadas N=7.371.030,558m e E=677.896,048, 248º15'46"" e 40,26 (quarenta metros e vinte e seis centímetros), até o vértice M-08 de coordenadas N+7.351.015,646m e E=677.858,647m, início da presente descrição. Ônus e gravames: segundo certidão da matrícula atualizada consta na averbação 02, a INDISPONIBILIDADE da parte ideal correspondente a 10% (dez por cento) do bem pertencente a Walter Martins de Oliveira, oriunda da Ação Civil Pública que originou a presente Precatória. Por se tratar de informação confidencial, o INCRA só fornece informações a respeito do ITR pessoalmente ao contribuinte, e cumpre apenas ao interessado a busca de eventuais débitos pendentes de pagamento. Valor da Avaliação (10% do Imóvel): R$ 143.319,00 (cento e quarenta e três mil, trezentos e dezenove reais) em Agosto de 2018. Valor Atualizado: R$ 146.585,05 (cento e quarenta e seis mil, quinhentos e oitenta e cinco reais e cinco centavos) atualizado até abril de 2019, segundo a tabela oficial aplicável nos cálculos judiciais do TJSP. VEJA TERMO DE PENHORA NO ANEXO I. VEJA LAUDO DE AVALIAÇÃO NO ANEXO II. VER / IMPRIMIR O EDITAL PUBLICADO clique aqui . MAISATIVO JUDICIAL - INFORMAÇÕES: (11) 4950 9660 | cac@majudicial.com.br

No estado em que se encontra(m).
Reservamo-nos o direito a correção de possíveis erros de digitação.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

   Processo:0002435-56.2018.8.26.0279
   Réu:Walter Martins de Oliveira e Jorge Sabino da Costa
   Depositário:NI
   Local:NI
   Autor:Ministério Público do Estado de São Paulo
   Recurso:NI
   Advogado:Réu: Fernando Garcia Carvalho do Amaral (OAB 152005/SP)_Autor: NI
 
 
 
LEILOEIRO OFICIAL: MAISATIVO INTERMEDIAÇÃO DE ATIVOS LTDA - Registro: 000000
 
Sujeito a alterações até o encerramento do leilão.Hora da Impressão: 14/10/2019 02:24:17 America/Sao_Paulo(GMT -03:00)