2ª Vara Judicial de Itararé/SP 14H30 - 1ª Praça MAISATIVO - INFORMAÇÕES: SEDE/SP (11) 4950-9660 cac@sbjud.com.br
status
ENCERRADO
Veja os Resultados
Encerramento
- A partir das - hs  GMT -03:00
Local Físico do Pregão
SOMENTE LEILÃO ELETRÔNICO
Bens disponíveis neste Leilão
DIVERSOS IMÓVEIS RESIDENCIAIS E RURAIS, FAZENDA STA. INEZ
ITARARÉ/SP
SUSTADO
Lote 1.4

Imovel Rural e benfeitorias, A.T. 31ha, Estância Calisia Rodrigues. Loc.: Itararé/SP.

Foto meramente ilustrativa Mais fotos [+]
INFORMAÇÕES DE ABERTURA
Comitente 2 Vara Cível da Comarca de Itararé - SP
Data de abertura 05/06/2019 14:30 GMT -03:00
Lance inicial R$ 493.084,38 (BRL)
Modalidade Lote Comercial
EFETUAR LANCES E ACOMPANHAR MULTIPLOS LOTES SIMULTANEAMENTE?  

Descrição DetalhadaTOPO

A descrição dos lotes é uma cópia fiel das informações fornecidas pelos cartórios ou outro órgão responsável pelas apreensões. Detalhes Informativos poderão ser inseridos no caso de ocorrer a vistoria dos bens.

CARREGANDO

Imóvel de matrícula n° 12.524, do CRI de Itararé/SP: Um imóvel rural, sem benfeitorias, denominado Estancia Calisia Rodrigues, desmembrado da Fazenda Santa Inez, situado neste município e comarca de Itararé-SP, no Bairro Pedra Branca, com 31,8873 hectares ou 13,1765 alqueires paulista, o qual apresenta os seguintes rumos, distâncias e confrontações: Inicia-se a descrição deste perímetro no marco M-01, situado no limite com o imóvel da matricula n° 5.889, denominado Fazenda Santa Cruz do Rio Verde de propriedade de Baptista Zambianco e Idalina Polastre Zambianco; deste segue confrontando por cerca com o imóvel da matrícula acima mencionada, com os seguintes azimutes e distâncias: 136°30¿17¿ e 73,17 metros até o marco M-02 de coordenadas N=7.352.208,733m e E=677.626,842m; 63°59¿07¿ e 934,77 metros até o marco M-03 de coordenadas N=7.352.618,724m e E=678.466,898m localizado na margem direita de um córrego sem denominação; deste segue a jusante pela margem direita confrontando por água com o imóvel da matrícula n° 612, cadastro no INCRA sob o n° 636.096.010.898 denominado Sitio Rio Verde de propriedade de Joaquina Tomé de Oliveira e Pedro de Oliveira, com os seguintes azimutes e distâncias: 134°02¿04¿ e 28,96 metros, até o ponto P-01 de coordenadas N=7.352.598,596m e E=678.487,716m; 105°40¿36¿ e 24,27 metros, até o ponto P-02 de coordenadas N=7.352.592,037m e E=678.511,087m, 137°12¿58¿ e 42,22 metros, até o ponto P-03 de coordenadas N=7.352.561,050m e E=678.539,765m, 169°12¿12¿ e 22,73 metros até o ponto P-04 de coordenadas N=7.352.538,727m e E=678.544,022m, 126°33¿58¿ e 90,75 metros até o ponto P-05 de coordenadas N=7.352.484,663m e E=678.616,909m, 96°09¿14¿ e 45,68 metros até o ponto P-06 de coordenadas N=7.352.479,766m e E=678.662,327m, 137°4¿34¿ e 12,82 metros até o ponto P-07 de coordenadas N=7.352.470,300m e E=678.670,979m, 101°54¿13¿ e 13,14 metros até o ponto P-08 de coordenadas N=7.352.467,590m e E=678.683,835m, 91°39¿25¿ e 58,10 metros até o marco M-04 de coordenadas N=7.352.465,910m e E=678.741,915m, localizado na foz deste, pela margem do Rio Verde; deste segue a montante pela margem esquerda do Rio Verde confrontando por água com o imóvel da matricula n° 9.559 cadastro no INCRA sob o n° 636.053.337.145-9 denominado Sitio Boa Vista de propriedade de Luis Carlos dos Santos e Ledeley Santos, com os seguintes azimutes e distâncias: 157°29¿51¿ e 150,09 metros até o ponto P-09 de coordenadas N=7.352.327,250m e E=678.799,357m, 229°32¿44¿ e 109,61 metros, até o ponto P-10 de coordenadas N=7.352.256,130m e E=678.715,952m, 313°24¿38¿ e 11,60 metros, até o ponto-11 de coordenadas N=7.352.264,101m e E=678.707,526m, 229°22¿35¿ e 16,49 metros, até o ponto P-12 de coordenadas N=7.352.253,362m e E=678.695,007m, 191°54¿32¿ e 11,61 metros, até o ponto P-13 de coordenadas N=7.352.242,001m e E=678.692,611m, 228°33¿05¿ e 21,99 metros, até o ponto P-14 de coordenadas N=7.352.227,448m e E=678.676,132m, 245°13¿49¿ e 46,85 metros, até o ponto P-15 de coordenadas N=7.352.207,821m e E=678.633,596m, 199°19¿06¿ e 16,13 metros, até o ponto P-16 de coordenadas N=7.352.192,596m e E=678.628,259m, 236°22¿50¿ e 31,16 metros, até o ponto P-17 de coordenadas N=7.352.175,346m e E=678.602,314m, 214°52¿27¿ e 30,20 metros, até o ponto P-18 de coordenadas N=7.352.150,569m e E=678.585,046m, 207°11¿04¿ e 17,36 metros, até o ponto P-19 de coordenadas N=7.352.135,123m e E=678.577,113m, 208°11¿36¿ e 23,36 metros até o ponto P-20 de coordenadas N=7.352.114,537m e E=678.566,078m, 202°28¿32¿ e 29,79 metros, até o ponto P-21 de coordenadas N=7.352.087,013m e E=678.554,691m, 149°39¿29¿ e 58,00 metros até o marco M-05 de coordenadas N=7.352.036,958m e E=678.583,990m localizado na margem esquerda junto à foz de outro córrego sobre o Rio Verde; deste segue a montante pela margem esquerda do córrego confrontando por água com o imóvel das matrículas n°s 222, 885, 1333, 6.504 e 11.570 denominado Fazenda Vila Rica de propriedade de Constantino de Donno, com os seguintes azimutes e distâncias: 263°07¿20¿ e 29,74 metros, até o ponto P-22 de coordenadas N=7.352.033,396m e E=678.554,462m, 270°36¿26¿ e 19,41 metros, até o ponto P-23 de coordenadas N=7.352.033,602m e E=678.535,056m, 118°50¿34¿ e 13,79 metros. até o ponto P-24 de coordenadas N=7.352.026,949m e E=678.547,137m, 173°06¿54¿ e 19,75 metros, até o ponto P-25 de coordenadas N=7.352.007,343m e E=678.549,504m, 216°28¿05¿ e 18,01 metros, até o ponto P-26 de coordenadas N=7.351.992,862m e E=678.538,801m, 157°45¿28¿ e 15,30 metros, até o ponto P-27 de coordenadas N=7.351.978,703m e E=678.544,591m, 196°16¿46¿ e 28,63 metros, até o ponto P-28 de coordenadas N=7.351.951,222m e E=678.536,566m, 165°01¿33¿ e 17,16 metros, até o ponto P-29 de coordenadas N=7.351.934,648m e E=678.540,999m, 247°50¿45¿ e 45,96 metros, até o ponto P-30 de coordenadas N=7.351.917,316m e E=678.498,433m, 253°18¿44¿ e 22,87 metros, até o ponto P-31 de coordenadas N=7.351.910,751m e E=678.476,530m, 215°50¿55¿ e 16,58 metros, até o ponto P-32 de coordenadas N=7.351.897,315m e E=678.466,822m; 285°14¿59¿ e 7,85 metros até o marco M-36 de coordenadas N=7.351.899,379m e E=678.459,250m localizado na margem esquerda do córrego; deste deixa o córrego e segue confrontado por linha seca com a Gleba B-3 de propriedade de Alceu Martins de Oliveira sua mulher Nair Ferreira Oliveira; Jorge Martins de Oliveira sua ex-mulher Maria Ines da Silva; Maria Aparecida Martins de Oliveira; Ilidia Martins de Oliveira seu ex marido Antonio Gonçalves dos Santos; Dirceu Martins de Oliveira sua mulher Cleusa de Oliveira; Walter Martins de Oliveira; Joanicio Martins sua mulher Edna Maria de Proença Martins; José Martins de Oliveira Filho; Wanderlei Martins de Oliveira e Wanderleia de Oliveira Paulino, com os seguintes azimutes e distâncias: 308°09¿32¿ e 309,72 metros até o marco M-35 de coordenadas N=7.352.090,741m e E=678.215,714m; 312°11¿37¿ e 385,89 metros, até o marco M-34 de coordenadas N=7.352.349,922m e E=677.929,813m; 243°59¿07¿ e 338,60 metros até o marco M-33 de coordenadas N=7.352.201,411m e E=677.625,519m; 316°30¿17¿ e 78,63 metros, até o marco M-32 de coordenadas N=7.352.258,449m e E=677.571,400m localizado na margem direita da estrada municipal IRR 329 que liga o bairro Pedra Branca à cidade de Itaberá; deste segue no sentido Itaberá pela mesma margem confrontando por cerca com a mesma com azimute de 56°29¿26¿ e 6,09 metros até o marco M-01 início da presente descrição.
Certificado de Cadastro do INCRA, em área maior, sob o n° 636.096.002.143-4; módulo rural 19,0 ha; número de módulos rurais 11,86; módulo fiscal 20,0 ha; número de módulos fiscais 11,25; fração mínima de parcelamento 2,0; área total 224,9 ha, conforme Certificado de Cadastro de Imóvel Rural-CCIR-exercício de 2000/2001/2002.
Obs.: segundo laudo de avaliação de fls. 24-80, sobre o terreno existem edificadas, uma casa com área construída de 130m² e um barracão com área construída de 32m².
Ônus e gravames: segundo certidão da matrícula atualizada consta na averbação 02, a INDISPONIBILIDADE do bem oriunda da Ação Civil Pública que originou a presente Precatória. Por se tratar de informação confidencial, o INCRA só fornece informações a respeito do ITR pessoalmente ao contribuinte, e cumpre apenas ao interessado a busca de eventuais débitos pendentes de pagamento.
Valor da Avaliação: R$ 482.098,00 (quatrocentos e oitenta e dois mil e noventa e oito reais) em Agosto de 2018.
Valor Atualizado: R$ 493.084,38 (quatrocentos e noventa e três mil e oitenta e quatro reais) atualizado até abril de 2019, segundo a tabela oficial aplicável nos cálculos judiciais do TJSP.



VEJA TERMO DE PENHORA NO ANEXO I.

VEJA LAUDO DE AVALIAÇÃO NO ANEXO II.

VER / IMPRIMIR O EDITAL PUBLICADO clique aqui.


MAISATIVO JUDICIAL - INFORMAÇÕES: (11) 4950 9660 | cac@majudicial.com.br

No estado em que se encontra(m).
Reservamo-nos o direito a correção de possíveis erros de digitação.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - arts. 186 e 927 do Código Civil - ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal: Art. 358 - Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena - detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência.

Publicidade

Fone:+55 (11) 4950-9690
Fax:+55 (11) 4950-9689
Av. Eng. Luis Carlos Berrini, 105
4º andar - Edifício Berrini One
Vila Olímpia - São Paulo / SP
CEP: 04571-010
Mapa de localização
Política de Privacidade
Política de Segurança
Todos os direitos reservados